Trip BsAs – 30/06 – Sábado – Recoleta, Palermo e Abasto

-> Recoleta

No meu segundo dia em BsAs eu tinha por objetivo conhecer a Recoleta, Palermo e se desse tempo o Abasto (bairro de Gardel). Comecei o dia tomando um cafezão reforçado no hostel, pois continuaria a explorar a pé os bairros da cidade. Me mandei pela 9 de Julio em direção norte para alcançar o bairro Recoleta. A Recoleta é talvez o bairro mais elegante da cidade, pontuado com palacetes e edifícios com forte influência europeia.

A história do bairro Recoleta tem efeito direto da epidemia de febre amarela do ano de 1871. O bairro atraiu famílias ricas do sul da cidade, fugindo da epidemia de febre amarela, pois a altura do terreno reduzia a presença de insetos portadores da doença. Enquanto as classes populares foram liquidadas no sul-sudeste da cidade, os mais ricos construíam mansões na Recoleta.
Comecei a descoberta deste bairro pela pequena plaza Carlos Pellegrini que condensa a sua volta exemplos da beleza arquitetônica clássica da região. Em um dos lados da praça, na Calle Arroyo fica a impressionante residência oficial do embaixador brasileiro, o Palácio Pereda. (A embaixada Brasileira fica dobrando a esquina, no nro 1350 da calle Cerrito.)

Palácio Pereda
Palácio Pereda
Plaza Carlos Pelegrini
Plaza Carlos Pelegrini
Plaza Carlos Pelegrini
Plaza Carlos Pelegrini

A poucos metros do Palácio Pereda está a embaixada da França, no Palácio Ortiz Basualdo. Também tem endereço na Plaza Carlos Pelegrini o exclusivíssimo Joquey Club, fundado em 1882. Justamente ali termina a Av. Alvear, a mais elegante avenida de BsAs que vai até o coração da Recoleta. Ao longo de suas 7 quadras há uma susseção de palacetes e edifícios dos tempos áureos da Argentina, muitos dos quais ocupados hoje por grifes internacionais e galerias de arte. Percorri toda a Av. Alvear, até chegar ao Boulevard da Recoleta onde se encontram diversos bares, entre eles o Café La Biela, ponto de encontro de jornalistas e intelectuais argentinos.
Na calle Guido está o café Havanna e Na Vicente Lopez com Uribura o Bar Locos x El Fútbol.

Palacetes da Av. Alvear
Palacetes da Av. Alvear
Café La Biela - Ponto de encontro de jornalistas e intelectuais argentinos
Café La Biela – Ponto de encontro de jornalistas e intelectuais argentinos
Boulevard da Recoleta
Boulevard da Recoleta

Em frente ao Boulevard está o Cemitério da Recoleta, que é uma das principais atrações turísticas da cidade, e toda a vida mundana da região se constrói em seu entorno. O Cemitério da Recoleta está entre os mais belos do mundo e abriga túmulos e mausoléus de aristocratas e outros importantes personagens da história buenairense, como a ex-primeira-dama Evita Perón. 

Cementerio da Recoleta
Cementerio da Recoleta
Cementerio da Recoleta
Cementerio da Recoleta
Cementerio da Recoleta -  Túmulo da Evita Perón
Cementerio da Recoleta – Túmulo da Evita Perón
Cementerio da Recoleta -  Túmulo da Evita Perón
Cementerio da Recoleta – Túmulo da Evita Perón
Cementerio da Recoleta
Cementerio da Recoleta

Da Recoleta, parti em direção ao bairro Palermo. A ligação da Recoleta com Palermo se faz pelas avenidas del Libertador e Figueroa Alcorta. A partir do Museo de Bellas Artes uma sucessão de praças fazem da caminhada na região uma atividade muito agradável.
Segui ziguezagueando pelas Avenidas Libertador e Figueroa Alcotra em direção ao Palermo, bairro que respira boemia e conta com o melhor da gastronomia porteña. É o maior bairro da cidade e divide-se em Palermo Chico e Palermo Viejo, que por sua vez, cogrega as áreas conhecidas como Palermo Soho, com lojas e bares moderninhos e Palermo Holywood, assim chamado graças à forte presença de estúdios e produtoras de TV, cinema e rádio.

Na Av. Figueroa Alcotra, passei pela linda faculdade de Direito que tem estilo neoclássico, e uma quadra adiante pela Floralis Generica. Obra do arquiteto argentino Eduardo Catalano, esta imensa flor metálica de seis pétalas, localiza-se sobre um espelho d`água, proporcionando um belíssimo efeito de luzes com o reflexo do sol no aço.

Palermo - Faculdade de Direito
Palermo – Faculdade de Direito
Palermo - Floralis Generica
Palermo – Floralis Generica
Palermo - Floralis Generica
Palermo – Floralis Generica
Palermo - Floralis Generica
Palermo – Floralis Generica

Logo em seguida cheguei a região conhecida como Palermo Chico. Destoando do traçado quadriculado e retangular que caracteriza BsAs, o Palermo Chico se estende por ruas tortuosas. O bairro foi criado em 1912 pelo paisagista Charles Thays. Nascido em Paris em 1849 ele se radicou no país e morreu em BsAs em 1934. Thays é um dos orgulhos nacionais Argentinos. No trajeto por este nicho de Palermo há uma série de embaixadas abrigadas nos antigos palacetes do início do século 20.

Palermo Chico
Palermo Chico
Palermo Chico
Palermo Chico

Logo adiante passei pelo MALBA – Museu de Arte Latino Americano de Buenos Aires – que tem a mais importante coleção de arte latino-americana do século 20, e seguindo pela Figueroa Alcotra cheguei ao pulmão verde da cidade, área conhecida como os bosques de Palermo, que é uma grande extensão de parques muito concorridos nos finais de semana e pelos praticantes de esportes.

MALBA - Museu de Arte Latino Americano de Buenos Aires
MALBA – Museu de Arte Latino Americano de Buenos Aires
Bosques de Palermo
Bosques de Palermo

Uma das atrações é o Jardin Japones (www.jardinjapones.com.ar) que reproduz os jardins, cascatas e pontes vermelhas característicos do extremo oriente.

Jardin Japones
Jardin Japones
Jardin Japones
Jardin Japones
Jardin Japones
Jardin Japones

Na esquina da Libertador com a Sarmiento está o bonito Monumento de Las Cuatro Regiones Argentinas. Logo atrás, na Plaza Holanda fica o Rosedal. Rosas de todo o mundo compõem a arquitetura do lugar, totalmente ao ar livre e às margens dos lagos. Mais adiante, está o Planetário de BsAs.

Bosques de Palermo
Bosques de Palermo
Monumento de Las Cuatro Regiones Argentinas
Monumento de Las Cuatro Regiones Argentinas
Rosedal
Rosedal
Rosedal
Rosedal
Rosedal
Rosedal
Rosedal
Rosedal
Rosedal
Rosedal
Planetário de BsAs
Planetário de BsAs

No outro lado do Monumento de Las Cuatro Regiones, fica o Zoologico de BsAs, que ostenta o título de segundo mais visitado do mundo. O Zoo de BsAs permite que as crianças alimentem os animais (com rações vendidas em quiosques especiais) … e aqui, diferentemente de outros zoos, diversas aves como o pavão correm livremente …. festa da criançada !

Zoo de BsAs
Zoo de BsAs
Zoo de BsAs
Zoo de BsAs

Subi pela Sarmiento até à Plaza Itália. Ao lado, está o Jardin Botanico, outra obra do paisagista Carlos Thays, que abriga esculturas, fontes e mais de 7 mil espécies de plantas do mundo todo.

Plaza Italia
Plaza Italia

De lá peguei a Calle Jorge Luis Borges e caminhei 11 quadras até chegar a Plaza Serano no Palermo Soho. Neste percurso, passei pela a casa onde viveu Jorge Luis Borges durante sua infância, no nro 2135.

Casa onde viveu Jorge Luis Borges
Casa onde viveu Jorge Luis Borges

Com bares, restaurantes e lojas vanguardistas a Plaza Serrano é o coração do Palermo Soho, bairro conhecido por seu estilo artístico e boêmio.

Plaza Serrano - Palermo Soho
Plaza Serrano – Palermo Soho

Pertinho Dalí, na Calle Honduras está a tradicional livraria e loja de discos Miles que tem CDs descolados entre clássicos do jazz, pop, tango, bossa-nova.

Miles Discos
Miles Discos

Parei mais adiante na calle Serrano para matar a fome. Para variar comi mais uma parrilla na Parrilla Estilo Criollo.

Parrilla Estilo Criollo
Parrilla Estilo Criollo

Como ainda estava cedo, decidi caminhar do Palermo Soho até o Abasto, o bairro de Gardel. Cortando o bairro de Almagro, fui pela Calle Lavalle até chegar ao Shopping Abasto. O edifício do shopping era antes um mercado de frutas e verduras, mas os tempos mudam e desde 1998 se converteu em um dos maiores centros comerciais de Buenos Aires. Dentro deste shopping está o Museo de Los Niños, único na America Latina. O museo de lós niños é uma cidade em escala infantil repleta de espaços interativos: dá para sacar dinheiro de mentirinha no caixa eletrônico do banco e gastar no supermercado vizinho, ser repórter de jornal e até motorista de ônibus. Construído com base na Declaração dos Direitos das Crianças, seu público-alvo acaba aprendendo sobre a vida adulta de maneira lúdica e pedagógica.

Shopping Abasto
Shopping Abasto
Shopping Abasto
Shopping Abasto – Museo de Los Niños
Shopping Abasto
Shopping Abasto
Shopping Abasto
Shopping Abasto

Ao lado do shopping está a pasaje Carlos Gardel, rua em memória ao ícone máximo do tango, que nasceu em Toulose, na França, e chegou com sua mãe ao bairro Abasto com apenas 2 anos. Por volta dos 20 começou a cantar tango na região, conhecida com um dos berços do ritmo porteño. Nesta passagem exclusiva para pedestres se destacam os murais com temas tangueiros e a estátua do cantor, inaugurada em 2000.

Pasaje Carlos Gardel
Pasaje Carlos Gardel
Pasaje Carlos Gardel
Pasaje Carlos Gardel
Pasaje Carlos Gardel
Pasaje Carlos Gardel

Montado na casa onde o cantor viveu com a mãe até ir para a França em 1933, na Calle Jean Juarés, está o Museo Casa Carlos Gardel, que preserva o escritório e a sala de ensaios original da época. Há também objetos, revistas, recortes de jornal e livros sobre o artista, além de discos e cartazes de shows. (www.museocasacarlosgardel.buenosaires.gob.ar)

Murais com temas tangueiros
Abasto – Murais com temas tangueiros
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Museo Casa Carlos Gardel
Abasto
Abasto

De lá, voltei pela Corrientes caminhando até o Centro.. Cheguei no Hostel já no início da noite completamente destroçado, pois neste dia devo ter caminhado uns 20 km !

À noite, jantei uma massa deliciosa no Restaurante La Casona na Corrientes e fui para o berço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s